Foi realizado no mês de maio, o primeiro café filosófico de 2017 do Colégio Batista Brasileiro- Bauru, onde aproveitamos os assuntos que demandam maior atenção da comunidade escolar em busca de conquistas. Sob esse ponto de vista, enxergamos nesses encontros, uma possibilidade de sairmos do formato convencional de aula e trazermos para debate, convidados que possam fomentar as discussões sobre temas diferenciados contribuindo com o aprendizado. A formação humana de nossos alunos é quem sai ganhando com tudo isso!

O evento, é uma prática comum desde 1992, cita Elcione Leite de Paula no resumo de um artigo para uma revista eletrônica que pode ser observado abaixo:

“O café filosófico iniciou-se no ano de 1992, em Paris. Em Juiz de Fora ganhou vida por meio do casal de professores graduados em Filosofia: Tiago Adão Lara e Maria Helena Falcão Vasconcelos. Estes promovem uma das modalidades existentes nesta cidade… o participante degusta as expressões contemporâneas da Filosofia com linguagem musical, artística e até poética.” http://www.ufsj.edu.br/portal2-repositorio/File/revistalable/5_ELCIONE.pdf(21:28 horas)

Enem, o futuro na universidade, problemas contemporâneos, como conseguir refletir sozinho sobre tantos assuntos?

Pensando em toda essa nossa história e partindo de experiências valorosas, debatemos um tema importante para os vestibulares e para o ENEM, “Antropologia e Religião”.

No debate, participaram o Teólogo Davi Francisco R. Therezan e a professora de Filosofia e Sociologia Regiane Bonagura Bastos, buscando alinhavar a história da antropologia na contemporaneidade à luz das experiências pessoais e dos conhecimentos a partir de pontos de vista distintos. A profundidade do assunto contou com  a mediação do professor de História, Luís Fabiano Gomes, que abriu e fechou o evento resgatando os aspectos históricos e  auxiliando na elaboração mais detalhada da sociedade atual.

Portanto, avançarmos sobre o utilitarismo das relações modernas, pensarmos no comportamento do jovem, pensarmos sobre assuntos sociais e religiosos com uma atenção redobrada, nos faz crer na abertura para a construção de uma humanidade mais responsável e de um aprendizado mais efetivo.

About Claudio Zuwicker